#TOP10 – Os meus lugares preferidos no MUNDO!

Matéria do dia 07/07/2017


Parte 4

Hoje chega ao fim a lista dos 10 destinos mais incríveis que já conheci em todo mundo. E é claro que esses três últimos não poderiam ficar de fora dela!

Islândia

Dentre os cinco países que eu sempre quis visitar na vida está a Islândia. A “Terra do Gelo e do Fogo” de origem nórdica é na verdade uma ilha assentada sob uma cordilheira no Oceano Atlântico Norte, ao sul do Círculo Polar Ártico.

Formada por sucessivas erupções vulcânicas durante 20 milhões de anos, a Islândia se encontra dividida entre a placa europeia e norte americana, fazendo com que esse país pertença aos dois continentes.

Com um visual de tirar o fôlego e paisagens exóticas, aqui é possível mergulhar nas águas cristalinas entre duas placas tectônicas, escalar o vulcão mais ativo do país, nadar em águas geladas ao lado de dezenas de famílias de Orcas, cavalgar os famosos e velozes cavalos islandeses, caçar a aurora boreal nas noites de céu aberto, adentrar nas lindíssimas cavernas de gelo, relaxar nas fontes termais e por aí vai…

Minha ida a Silfra, localizada no Lago Thingvallavatn foi sem dúvidas a aventura que mais me impressionou. Nunca na minha vida pensei que seria possível mergulhar em uma espécie de fissura entre duas placas tectônicas que separam a América do Norte da Europa. A cor da água é uma das mais cristalinas do mundo e chega a uma temperatura de apenas 1 grau!

Também pude escalar o vulcão Hekla, conhecido por ser o mais ativo da região e também chamado de “a entrada do inferno”. Sua cratera tem 10km de diâmetro e tem cerca de 1.500 metros de altura. Depois de escalá-lo, a dica aqui é descer esquiando. Será uma das maiores sensações de liberdade que você vai sentir na vida!!!

A caverna de gelo Crystal Cave, localizada na região sul, no glaciar Solheimjokull é resultado de um processo chamado moulin, onde só existe em um curto período de tempo. Provavelmente no verão ela derreta e não exista mais. Mesmo assim, foi uma das mais lindas que já vi. A mistura de cores e as esculturas naturais que a água faz sobre o gelo vão existir sempre na minha memória.

Agora, para aqueles que preferem ficar longe da aventura e só relaxar o Blue Lagoon é a melhor opção. Em Grindavík, essa “piscina gigante” é abastecida por águas aquecidas que vem diretamente do centro da terra. São 9 milhões de litros espalhados em 5.000m². Com uma temperatura entre 37 e 40ºC, suas águas tem propriedades medicinais oferecendo um efeito relaxante.

E não esqueça de passar a máscara de algas no rosto. Rica em minerais ela combate o envelhecimento e no tratamento de doenças de pele!

Etiópia

A Etiópia pertence ao chamado “Chifre da África” e significa “terra dos homens enegrecidos pelo sol”. É o segundo país mais populoso da África, atrás somente da Nigéria. Foi cenário de um dos períodos mais tristes de fome no mundo na década de 80, onde cerca de 1 milhão de pessoas morreram de desnutrição.

Atualmente, é o país africano que mais cresce economicamente, mas ainda assim 90% da população vivem nas áreas rurais, pois a base da economia ainda é a agricultura.

Fui para lá em 2015, fazer parte de um lindo projeto chamado “Cure Blindness” onde junto com uma equipe de médicos oftalmologistas realizamos diversas cirurgias de catarata. Existem mais de 500 mil pessoas cegas na Etiópia à espera de uma cirurgia. Mesmo com tantos problemas, pude sentir o quanto esse povo é forte e acolhedor!

Mas toda essa pobreza não influencia o turismo dessa região, que é rico em cultura e paisagens belíssimas. Para se ter uma noção, só na Etiópia existem 9 lugares considerados Patrimônios da Humanidade pela Unesco.

Alguns exemplos desses patrimônios são os monastérios que ficam próximos ao Lago Tana, construídos entre os séculos 14 e 16 que guardam pinturas e relíquias religiosas; e Lalibela e seus prédios esculpidos em buracos em rochas no chão. Ao todo são 13 estruturas, dentre igrejas, tumbas e capelas que foram cavados entre os séculos 12 e 14 em blocos de pedra únicos que existem até hoje.

No Parque Nacional Bale Mountains, além de encontrar uma fauna e flora totalmente diversificada, é possível conhecer a Floresta Harenna e o Platô Sanetti. Sem dúvidas, cenários que a gente só pensou existir na nossa imaginação. Já no Parque Nacional das Montanhas Simien, o trekking vai te surpreender!

E a última dica, mas a não menos importante: Não esqueça de tomar o café da Etiópia. Ele “só” é considerado o melhor do mundo!

Lampedusa – Sul da Itália

Já dei dicas sobre Lampedusa aqui mas mesmo assim, esse destino não poderia ficar de fora da minha lista!

Lampedusa pertence a Sicilia, território italiano, só que se localiza ao sul do Mar Mediterrâneo. Está mais próxima a países como Tunísia e Líbia que ficam na África, por isso se torna um destino tão diferenciado.

São apenas 20km² de extensão, o que faz ser possível atravessá-la de carro em menos de meia hora. Três dias são o suficiente para você conhecer esse destino como a palma da sua mão.

As praias que mais me hipnotizaram pelo azul turquesa foram a Spiaggia dei Conigli, eleita a mais bonita da Europa pelos leitores do Tripadvisor e a Cala Pulcino.

Mas as opções não param por aí: Gruta Mare Morto, Portu’Ntoni, Spiaggia Guitgia, Cala Madonna, Cala Croce, Cala Maluk, Cala Creta, Cala Francese, Cala Pisana.

Vai ser difícil escolher qual você achou mais bonita, acredite!

Himalaias, Bonito, Antártica, China, Seychelles, Whistler, Punta Cana, Islândia, Lampedusa, Etiópia. Foram esses 10 lugares que me impressionaram de alguma maneira e que me fazem querer voltar, antes mesmo de eu ir embora! A cada “viagem repetida”, um novo aprendizado e uma história diferente para contar. Porque afinal, quem faz o destino ser especial só somos nós mesmos!!!

About the Author

By Karina / Administrator on fev 12, 2018

No Comments

Leave a Reply