Missão Extrema: “Mar Aberto”

Chegamos à metade dessa série, que levou o Domingo do Discovery a maior audiência desde 2014. Nesse novo episódio vou para praia da Caponga, no Ceará, onde existe o maior porto de pesca artesanal do estado. Lá, 900 pescadores enfrentam diariamente ventos traiçoeiros, mudanças inesperadas de marés e o sol escaldante do nordeste brasileiro para garantir o sustento de suas famílias na pesca legal do peixe e da lagosta.

Uma das minhas missões em “Mar Aberto” é participar da 24a Regata de Jangadas da Praia Caponga. Como é um evento importante, prestigiado pela comunidade e com premiações em dinheiro, a disputa é acirrada. Para ser aceita como membro do grupo, tive que passar por uma série de aprendizados, saindo com eles para alto mar na pesca da lagosta e do peixe.

Logo na chegada, sou apresentada ao meu primeiro teste: sair para a pesca da lagosta sob o comando do mestre Francisco em uma jangada de 7m por apenas 2,40m de largura! A lagosta é um crustáceo muito conhecido na região por alcançar um bom preço de venda e garantir o sustento dos pescadores. Como o período autorizado para sua pesca é limitado entre junho e novembro, é importante atingir altos níveis de produtividade a cada saída.

Para isso, tive que aprender a fazer manzuás (armadilhas), talhar 24 ripas de madeira em três diferentes tamanhos, fazer uma amarração com nylon e revestí-las por uma rede de arame que é fabricada manualmente. Além de ter que preparar uma luva de proteção para as mãos a partir de câmaras de pneus de bicicletas.

Filtro solar ou tecidos impermeáveis são tecnologias inexistentes para os pescadores da Caponga, que ficam sujeitos a enfermidades como o câncer de pele.

Utilizar um pesado remo de madeira, tendo que driblar o enjôo para se equilibrar entre a popa e a proa e aprumar a vela com o vento, controlando a velocidade, garantindo que a embarcação não virasse foram desafios intensos. Agora imagine virar a noite em alto mar fazendo tudo isso!!!

Antes da noite cair, pude descansar um pouco me alojando no casco da jangada. Com a pele ardida, tive que deitar em uma divisória de cerca de 80cm de largura, ao lado dos demais pescadores, sem colchão mas a pior parte, é que esse lugar é infestado de baratas. Como o compartimento fica fechado o dia inteiro, vou deixar pra vocês imaginarem o cheiro desse lugar! Mas as imagens vocês conferem no domingo, às 21:30h no Discovery.

Missão Extrema com Karina Oliani
“Mar Aberto, dia 17/05 às 21:30h no Discovery”

 

About the Author

By Karina / Administrator on maio 15, 2015

Comments (7)

  • Fabricio

    Ola Karina, primeiramente gostaria de parabenizar a você e toda equipe do programa, assisti os 4 episódios até agora e todos sensacionais, um dos melhores programas do Discovery no momento senão o melhor, todos os temas muito interessantes, desejo muito sucesso a você e a equipe e que o programa dure muitas temporadas, parabéns pela sua coragem, vou testar a técnica de cheirar o limão…rs…eu também tenho esse tipo de problema quando estou em alto mar…

    Hugs…
    Fabricio

  • Alecsandro

    Parabéns pelos programas, sempre acompanho aos domingos!
    Corajosa!

  • Eu assisti! Foi sensacional!
    Você não tem nada de “coitadinha”, mas senti por você, quando passou mal devido o balanço da jangada, em alto mar, e dormir naquele cubículo com aqueles bichinhos que você entregou temer!
    Ahahaha!
    Quem diria, né?
    Difícil imaginar você tendo medo de alguma coisa, embora seja normal, pois és humana!
    Mas digo isso por causa da sua vida de aventuras!

    Espero que venha uma segunda temporada por aí!
    Acabei de perguntar lá no Twitter pra você se existe uma previsão para isso! Torço para que sim!
    Um bjo pra vc, e parabéns pelo sucesso da série!

  • Parabéns Karina a sua equipe e aos nossos jangadeiros. O episodio foi maravilhoso ver a sua evolução e o modo como os pescadores não lhe deram moleza e podíamos ver como eles gostaram de sua participação. As imagens da Caponga são lindas a cor verde da água cristalina. Sempre imaginei como seria emocionante perigoso e cansativo enfrentar o mar aberto nessas pequenas jangadas, quando você entrou no cubículo de dormir fiquei tonta só de ver. Doutora você é uma guerreira, que Deus lhe proteja para que vocês possam trazer mais coisa show como essa.

  • Rafael gawleta

    Foi demais umas das melhores da karina Parabéns.

  • Rafael gawleta

    Tudo de bom desta matéria Parabéns karina você é demais está praia de capanga com os pescadores da jangada foi maravilhoso

Leave a Reply