A ilha mágica de Fernando de Noronha

O arquipélago de Fernando de Noronha se localiza a 345 km da costa brasileira e é um dos últimos pontos no Oceano Atlântico que fica aqui no hemisfério sul. Posso dizer que lá é um dos pedaços de paraíso espalhados pelo mundo que já tive o prazer de visitar cinco vezes!!!

Karina Oliani em Fernando de Noronha

Uma ilha mágica cercada pela imensidão azul, que recebeu o título de Patrimônio Natural pela UNESCO. Não acho que tem uma melhor época para ir pra lá. Se você for em dezembro, janeiro e fevereiro vai encontrar ondas muito boas para quem gosta de surfar: tubulares e perfeitas. Mas, em compensação, o mergulho não é tão bom, já que as águas ficam mais turvas nessa época. Nos outros meses é ao contrário: não tem onda, mas os mergulhos são maravilhosos.

Karina Oliani em Fernando de Noronha

Neste carnaval estive na ilha para recarregar as energias e aproveitei os “dias de folia” em muitos lugares incríveis. Sim, a ilha tem muita magia e energia boa! Então, se você está planejando ir para lá, selecionei alguns passeios imperdíveis para você incluir no seu roteiro – e que fizeram a viagem ainda mais especial para mim:

● Comer & beber

– Açaí e Raízes: Para um combo nutritivo de almoço, peça o açaí boldró, metade açaí e metade creme de bacuri. E para acompanhar, tapioca.

– Restaurante Varanda: Qualquer prato é delicioso mas peça a sobremesa Cartola de Noronha, que é maravilhosa!!!

– Restaurante Beijupirá: À luz de velas e muito romântico, é um ótimo lugar para desfrutar um jantar a dois. Não vá sem fazer reserva e peça a capirinha de cajá, o sabor é delicioso.

– Restaurante Muzenza: Outro lugar muito bacana para comer bem!

● Noite na ilha mágica

Além de amar esportes radicais, eu também amo dançar. Fui no Forró do Cachorro para aproveitar a música e a boa companhia. Ir no Centro Histórico da cidade também é uma boa pedida para começar a noite. O clima é muito gostoso, pé na areia e tem muita música (samba, sertanejo, forró…). Não recomendo muito comer por lá, é muito barulho e um pouco bagunçado. Para mim, a melhor hora para curtir o centrinho da cidade é depois de jantar.

● Passeios

– Não dá para perder o Mirante dos Golfinhos. Saia BEM cedo para trilha, 6h30 é o melhor horário para já estar lá… E os golfinhos não têm hora pra entrar! Às vezes tem que insistir uma, duas, três vezes… Os que passam por ali são os Rotadores, então é uma atração ver centenas deles entrando na bahia e promovendo um verdadeiro espetáculo de rotação para fora da água, dando vários giros e piruetas no ar… Eles são demais! Leve o protetor, o repelente e assista de camarote esse incrível show!

– A trilha que liga a Praia Cacimba do Padre até a Bahia dos Porcos é uma das mais fotogênicas e cheias de pontos para tirar lindas fotos. Dica: cheque o horário da maré e faça a trilha quando ela estiver baixa.

beautiful prom dresses for formal events occasion

– Outro passeio bacana é o Naufrágio do Porto. O barco fica na frente do porto principal de Noronha, você sai da praia e vai nadando! Tem vários cardumes, aquelas bolas de peixe que nadam juntas e sincronizadas… Um mergulho lindo, fácil e raso que dá para fazer até sem cilindro.CUSTOM MADE WEDDING DRESSES

– O mergulho nas Pedras Secas tem que ser em dia de mar calmo. E de toda a ilha, é o meu mergulho preferido!!! A trilha do Capim-Açú é a mais longa de toda a região, possui inclinação e terrenos dificeis. Saia preparado com tudo: protetor, repelente e bastante disposição para aproveitar o visual lindo que essa ilha mágica proporciona. O ponto alto é parar na Caverna da Sapata, uma caverna LINDA com ondas batendo forte nas pedras… Antes de chegar lá, dá para refrescar o corpo nas piscinas naturais deliciosas que têm pelo caminho.

– O Museu do Tubarão é um passeio cultural que recomendo muito para conhecer um pouco sobre esses gigantes dos mares. Vale a pena porque é grátis e tem um monte de informação importante e legal sobre os tubarões para você sentar, ler e se deliciar com um café e uma torta enquanto descobre mais sobre eles.

Karina Oliani em Fernando de Noronha

E você? Já visitou a ilha e conheceu tudo isso? Dê também a sua dica: o que mais gostou de conhecer em Noronha?

About the Author

By Karina / Administrator on mar 10, 2016

Comment (1)

  • Roberta Pereira

    Adorei o mergulho com snorkel no Sueste, infelizmente acabei não indo ao Mirante dos Golfinhos, certamente terei de voltar a este paraíso. Um lugar bem legal também é o Projeto Tamar, grande oportunidade para os visitantes conhecerem parte da rica vida marinha tanto de Noronha quanto de todo esse imenso mar que envolve todo o mundo, além de orientações sobre preservação da fauna e flora, de grande importância não só para esta geração mas para as futuras.
    Agradeço a Deus por ter me concedido a oportunidade de poder conhecer o paraíso de Fernando de Noronha.

Leave a Reply